Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Corretoras internacionais, final do dia

Saldos equilibrados hoje, com valores menores em geral: compradores + R$ 106 MM (Credit Suisse + 77) e vendedores - R$ 122 MM (Citi - 28), ficando um pequeno saldo vendedor de - R$ 16 MM.

Fechamento (futuro)


Como previsto, o índice já abriu com pequeno gap para baixo, que tentou cobrir, sem sucesso, inclusive na hora final, com 41 mil contratos negociados. Os indicadores estiveram abaixo de suas médias móveis, com pequena reação no final, para deixar o mercado indefinido.

Abertura

O entusiasmo de ontem quanto a uma solução para os maus ativos do setor financeiro internacional cedeu parcialmente hoje (não no Japão, onde o Nikkei225 ganhou 1,79%), com perspectivas pessimistas aventadas no Fórum em Davos sobre a economia mundial: na Europa, o Stoxx50 vai caindo 1,3% e os futuros americanos perdem cerca de 0,8%, até agora, depois também de um dia muito forte ontem. Os juros voltaram a subir no open market americano, fortalecendo um pouco o dólar, sem maiores efeitos na maioria das comodities. Por aqui, com volume alto, a Bovespa subiu bastante ontem, notando-se enormes recompras das corretoras internacionais que vinham operando na venda até agora (até o dia 26, o saldo dos estrangeiros no mês é vendedor em quase R$ 1 bilhão...). Curiosamente, não se alterou o saldo de ações alugadas e houve grande aumento nas vendas a descoberto de futuros do índice pelos não-residentes. No pré-pregão de hoje, o Fut. Fevereiro está caindo em torno de 1%, com 2 mil contratos negociados.

Arquivo do blog