GHITNICK

Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Abertura

A confiança na permanência do Reino Unido na União Europeia, que gerou um rally nos últimos dias aos mercados, que dá lugar a um geral pânico de vendas pelo resultado contrário, não tão surpreendente pelo empate técnico apregoado pelas pesquisas. Como sempre acontece, a maior baixa do dia deve ter sido a que ocorreu antes da abertura, no gap inicial, já que as consequências vão se desenrolar por um bom tempo, não sendo impossível até mesmo um arrependimento...Tudo está em baixa, exceto o dólar e os metais preciosos, inclusive os juros. No Japão, o Nikkei225 perdeu 17,92%, enquanto na Europa, o Stoxx50 recua 5,9% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 3,4%, até o momento. Por aqui, o mercado fechou em forte alta, com volume pouco abaixo da média de maio. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 254 mil para 243 mil contratos. A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa ficou em 18 mil contratos. No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiu apenas o saldo de VALE3. No pré pregão, o novo futuro Agosto abriu em baixa de 4,6%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto teve ontem um dia de forte alta, chegando ao topo anterior. O volume foi de 72 mil cts e os indicadores subiram um pouco menos, já esticados. Mercado indefinido, abrindo hoje com forte baixa.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Abertura

Os mercados estão reagindo à perspectiva de manutenção do Reino Unido na União Europeia, revelada em pesquisas: sobem os juros, o dólar perde para o euro e ganha vs o yen, o petróleo sobe e o ouro cai...No Japão, o Nikkei225 ganhou 1,07%, enquanto na Europa, o Stoxx50 avança 1,9% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,8%, até o momento. Por aqui, o mercado fechou em alta, com volume em torno da média de maio. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 248 mil para 254 mil contratos. A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 19 mil para 18 mil contratos. No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiram os saldos de PETR3 e VALE5. No pré pregão, o novo futuro Agosto abriu em alta de 1,6%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto abriu ontem em alta e subiu ainda mais, passando a se acomodar, especialmente no final, que foi negativo. O volume foi de 75 mil cts e os indicadores caíram menos. Mercado indefinido, abrindo hoje em boa alta.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Abertura

Os mercados seguem firmes, apesar da incerteza sobre o plebiscito na Inglaterra: no Japão, o Nikkei225 perdeu 0,68%, enquanto na Europa, o Stoxx50 avança 0,7% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,1%, até o momento. O dólar mantém ligeira reação e entre as comodities, petróleo e ouro ainda cedem levemente. Por aqui, o mercado fechou em alta, com volume abaixo da média de maio. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 242 mil para 248 mil contratos. A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 20 mil para 19 mil contratos. No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiram todos os saldos. No pré pregão, o novo futuro Agosto abriu em alta de 0,2%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto abriu e seguiu em alta, oscilando depois acima e abaixo da média móvel de 200 barras, fechando positivo. O volume foi de 57 mil cts e os indicadores fecharam acima de suas médias móveis. Mercado indefinido, abrindo hoje em ligeira alta.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Abertura

Os mercados vão consolidando os ganhos de ontem, que foram impressivos: no Japão, o Nikkei225 ganhou 1,28%, enquanto na Europa, o Stoxx50 avança 0,8% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 1,4%, até o momento. O dólar vai tendo ligeira reação e entre as comodities, petróleo e ouro cedem levemente. Por aqui, o mercado fechou em alta, com volume acima da média de maio, por conta do exercício de opções. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 233 mil para 242 mil contratos. A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 22 mil para 20 mil contratos. No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiram os saldos, exceto o de VALE3. No pré pregão, o novo futuro Agosto abriu em alta de 0,2%.

Arquivo do blog

Counter