GHITNICK

Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Futuro do Ibovespa (sem after market)

O índice Outubro teve um dia lateral, em torno da média móvel de 200 barras. O volume foi de 103 mil cts e os indicadores estiveram mais fracos. Mercado indefinido.

Corretoras internacionais (final do dia)

Os saldos compradores somaram +R$ 328 MM (Pactual +88) e os saldos vendedores chegaram a -R$ 217 MM (Morgan Stanley -181), ficando um saldo comprador de +R$ 111 MM.

Abertura

Com a confirmação de que a inflação segue baixa na região, apesar de estímulos monetários, o mercado europeu opera animado (Stoxx50 +0,6%), mas no Japão, o Nikkei225 cedeu 0,14% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 flutua em estabilidade, até o momento. As moedas seguem estáveis, mas a maioria das comodities apresenta pequenas baixas. Entre nós, o Ibovespa fechou em outra alta forte, com o volume bem acima da média de agosto e com grande saldo vendedor das corretoras internacionais. A posição comprada dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de +235 mil para +186 mil contratos, numa mudança súbita. A posição comprada dos investidores estrangeiros no futuro do índice passou de +87 mil para +73 mil contratos, também numa alteração importante. No aluguel de ações líderes, os saldos aumentaram, exceto o de PETR3. No pré pregão, o futuro Outubro abriu em alta de 1,3%.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Futuro do Ibovespa (sem after market)

O índice Outubro teve alta vertiginosa inicial, como em parte sinalizavam os indicadores, ultrapassando a média móvel de 200 barras; a seguir, acomodou-se até o final, ainda bem positivo. O volume subiu para 130 mil cts e os indicadores, que haviam esticado muito, recuaram no final até suas próprias médias móveis. Mercado indefinido.

Corretoras internacionais (final do dia)

Os saldos compradores somaram +R$ 286 MM (Goldman Sachs +223), e os saldos vendedores chegaram a -R$ 935 MM (Merrill Lynch -266), deixando um enorme saldo vendedor de -R$ 649 MM.

Abertura

Na expectativa de nova reunião do FED, os mercados estão cautelosos: no Japão, voltando de feriado longo, o Nikkei225 perdeu 0,23%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,4% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 perde 0,1%, até agora. Moedas e comodities não apresentam variações relevantes. Entre nós, o Ibovespa fechou em forte repique, com o volume bem acima da média de agosto (exercício de opções: R$ 3,237 BB) e com grande saldo comprador das corretoras internacionais. A posição comprada dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de +219 mil para +235 mil contratos. A posição comprada dos investidores estrangeiros no futuro do índice passou de +84 mil para +87 mil contratos. No aluguel de ações líderes, os saldos aumentaram, exceto o de PETR4. No pré pregão, no vencimento mensal de opções, o futuro Outubro abriu em baixa de 0,2%.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Futuro do Ibovespa

Como sinalizado pelos indicadores, o índice Outubro teve um dia de repique, abrindo em alta, corrigindo um pouco, e voltando a subir no final. O volume foi de 69 mil cts e os indicadores fecharam firmes.

Arquivo do blog

Counter