Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Fechamento (futuro)


O gap de baixa inicial foi sendo recuperado gradualmente, em mais um dia de fraco movimento (62 mil contratos), mas na meia-hora final houve novo pânico histérico e o índice seguiu para as mínimas. Os indicadores novamente caíram menos, em mais uma divergência altista, que não tem conseguido ser confirmada.

Corretoras internacionais, às 14:48 h

Num dia de fraco movimento, seguem predominando as vendas, somando até agora - R$ 164 MM líquidos (Credit Suisse - 73, Morgan Stanley -63), enquanto estão magras as compras, em + R$ 48 MM (Pactual + 16), o saldo sendo de - R$ 116 MM.

Bovespa = Comodities ?

É uma besteira repetida infinitamente, mas:

1. Os 20 primeiros papéis em peso no Ibovespa somam 69,715% e pouco tem a ver com comodities (um pouco a Vale com níquel, cobre); aí, aparece a Perdigão, muito depois a Sadia e bem depois ainda a VCP, a Aracruz, a Cosan, a JBS, num total de apenas 3,614% da carteira do índice...

2. Do Boletim da AEB:

"As exportações brasileiras de produtos básicos voltaram a ganhar representatividade, alcançando 37% do valor exportado em setembro de 2008, enquanto a parte correspondente aos manufaturados caiu para 47%."

Abertura

Prossegue a já enfadonha histeria dos mercados globais, ainda que há dias não haja novidade específica nos noticiários: no Japão, o Nikkei225 perdeu 6,35% por conta da atual valorização do yen entre as moedas (motivo de preocupação na reunião do G-7), mas outros mercados asiáticos tiveram perdas substanciais também e suas moedas não têm tido a mesma força. Na Europa, ainda por conta do sistema financeiro, o Stoxx50 das blue chips perde cerca de 5% e começa a reagir nos últimos minutos. Os futuros americanos operavam em alta à noite e depois cederam bastante, também tentando reagir agora, estando com perdas em torno de 2,5%. Por aqui, o movimento e pequeno no pré-pregão e o Fut. Dezembro perde cerca de 2,2%, depois de uma sexta-feira de grande pânico. Bradesco (P/L 7) e Weg (P/L 10) apresentaram resultados trimestrais de total regularidade, sendo que o banco divulgou relatório gerencial minucioso para ressaltar a qualidade de suas contas, especialmente quanto a risco cambial. Talvez os mercados estejam apenas aguardando um pretexto para qualquer para ensaiar um repique, talvez as decisões sobre juros básicos nesta semana, talvez as eleições americanas da semana que vem...

Arquivo do blog