Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Fechamento (futuro)


Depois de um susto no início da tarde, quando uma correção da alta inicial trouxe o índice ao mínimo de todo o atual período de baixa, houve forte recuperação até o final, com volume de novo acima de 90 mil contratos. Com essas oscilações, os indicadores subiram apenas até a média móvel de 21 barras, deixando espaço para mais alta amanhã, caso consigam superar essa resistência.

Corretoras internacionais, às 15:14 h

Saldos equilibrados: compradores + R$ 200MM (Morgan Stanley +135, sendo +67 em PETR4) e vendedores -R$ 180 MM (Credit Suisse - 128, sendo - 221 em PETR4!), saldo comprador de +R$ 20 MM até agora.

Abertura

Os problemas de um grande banco americano, cuja cotação recuou 45% ontem (mais um pouco agora de manhã, depois de uma reunião com analistas...), provocaram baixas em todo o mundo, a partir da tarde de ontem. No Japão, onde o yen voltou a se valorizar entre as moedas, o Nikkei225 teve queda moderada de 0,43%. Na Europa, o setor financeiro vai puxando uma queda de 1,2% no Stoxx50, enquanto os futuros americanos estão cedendo em torno de 0,3%. Os juros americanos estão em baixa e o petróleo também, mesmo com a redução de produção determinada pela OPEP. Por aqui, com o mercado já enfraquecido pela derrubada da véspera, houve novo pânico de vendas. Em parte, temos a fragilidade atual da liquidez do mercado e ainda manobras baixistas, como ocorre com VALE5, que teve um lote de 10 milhões alugado nos últimos dias...No pré-pregão, o Fut. Outubro tem repique de 1% até agora, com bom volume.

Arquivo do blog