Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Fechamento (futuro)


Como previsto, o índice repicou com força, subindo por todo o pregão, voltando a tocar na linha que marcava a projeção do triângulo de alguns dias atrás. Os indicadores subiram velozmente, sempre acima de suas médias móveis, mas deixando espaço para mais repique amanhã.

Corretoras internacionais, às 14:30h


Morgan Stanley ainda insistindo na venda, seguido de longe por mais dois ou três, enquanto que Credit Suisse está na recompra.

Abertura

No Japão, as preocupações com o setor financeira, que ontem assustaram a Europa, fizeram cair as ações: o Nikkei225 perdeu 0,65%, mesmo com o yen mais fraco frente ao dólar, o que geralmente anima o mercado. Na Europa, o ambiente está mais calmo e as blue chips operam em estabilidade (Stoxx50) levando as blue chips a uma queda de 2% até agora (Stoxx50). Nos Estados Unidos, que teve um dia relativamente estável ontem (com boa alta para o Nasdaq...), boas notícias sobre vendas no varejo estão conduzindo a uma alta nos futuros até agora (S&P500 + 0,5%). Os juros por lá subiram um pouco e o dólar segue mais firme entre as moedas. Por aqui, as corretoras internacionais mantiveram grande derrubada a partir de Petrobrás e Vale (vendas líquidas de R$ 801 MM apenas ontem...), explorando com a ajuda da mídia o ridículo pretexto da “queda das comodities”...Entretanto, os 16 MM de PETR4 e 14 MM de VALE5 que foram alugadas nestes dias para alimentar o esquemão, podem ser recomprados com dificuldade, porque algumas grandes carteiras parece que estão dispostas a isso: no pré-pregão, o Fut. Junho vai ganhando quase 1,5%, com volume alto.

Arquivo do blog