Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 785 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" Cumprindo o Orçamento ", sobre os acontecimentos da semana;
" Internacional " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: BRF Foods on, Braskem pna e Sid Nacional on.

Indicadores Gerais do Mercado

Ibovespa semanal dolarizzdo

Abertura

Numa mudança súbita,  os mercados voltaram a se inquietar,  a partir dos problemas políticos americanos,  fazendo o dólar recuar de novo e puxando o os metais preciosos:   no Japão, o Nikkei225 perdeu 0,22%,  na Europa, o Stoxx50 recua 0,6% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 cai 0,1%, até agora.    Por aqui, o mercado teve leve  baixa,  com volume  abaixo da média de junho.   A posição vendedora dos investidores  não  residentes no futuro do dólar passou de 97 mil para 90 mil contratos.   A posição  compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 129 mil para 127 mil contratos.  No aluguel de ações de Petrobrás  e Vale,  subiram os saldos de PETR3 e de VALE3.   No pré  pregão, a abertura está sendo em baixa de 0,2%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto teve ontem um dia de leve baixa. O volume foi de apenas 44 mil cts e os indicadores cederam para valores baixos. Hoje, a abertura está sendo em ligeira baixa.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Abertura

Os Bancos Centrais da Europa e do Japão mantiveram hoje suas políticas monetárias atuais, com comentários otimistas sobre  as respectivas economias,  trazendo alento aos mercados:  no Japão, o Nikkei225 ganhou 0,62%,  na Europa, o Stoxx50 avança 0,5% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 sobe 0,1%, até agora.   O dólar recuperou algum terreno entre as moedas e o petróleo segue firme.     Por aqui, o mercado teve ligeira baixa,  com volume  abaixo da média de junho.   A posição vendedora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 92 mil para 97 mil contratos.    A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 133 mil para 129 mil contratos.   No aluguel de ações de Petrobrás  e Vale,  subiu o saldo de VALE3.    No pré pregão, a abertura está sendo em alta de 0,2%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto operou em acomodação ontem, reagindo levemente no final, ainda com ligeira baixa. O volume foi de apenas 48 mil cts e os indicadores estão em meio de escala. Hoje, a abertura está sendo em ligeira alta.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Abertura

Os juros e o dólar tentam estabilizar-se e aliviam um pouco as tensões nas Bolsas:  no Japão, o Nikkei225 ganhou 0,10%,  na Europa, o Stoxx50 avança 0,2% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 sobe 0,1%, até agora.   Ouro e petróleo seguem  firmes.    Por aqui, o mercado teve leve alta,  com volume bem abaixo da média de junho.   A posição vendedora dos investidores não  residentes no futuro do dólar passou de 86 mil para 92 mil contratos.  A posição  compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 136 mil para 133 mil contratos.   No aluguel de ações de Petrobrás  e Vale,  subiu o saldo de PETR4.   No pré pregão, a abertura está sendo em alta de 0,1%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto abriu ontem mais fraco e reagiu nas hor5as finais, fechando minimamente positivo. O volume foi de apenas 44 mil cts e os indicadores baixaram e repicaram também. Hoje, a abertura está sendo em mínima alta.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Abertura

Os juros seguem caindo e com eles, o dólar, fazendo subir algumas comodities (ouro e petróleo, por exemplo) e intranquilizando as Bolsas:  no Japão, o Nikkei225 perdeu 0,59%,  na Europa, o Stoxx50 recua 0,8% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 cai 0,1%,   até agora.   Por aqui, o mercado teve leve baixa,  com volume acima da média de junho (exercícios de opções: R$ 3,252 BB).    A posição vendedora  dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 92 mil para 86 mil contratos.  A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 138 mil para 136 mil contratos.   No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  subiram os saldos de PETR4 e VALE5.  No pré pregão, a abertura está sendo em mínima alta de 0,1%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto teve um dia de leve acomodação ontem, com pouca movimentação. O volume foi de apenas 41 mil cts e os indicadores cederam um pouco. Hoje, a abertura está sendo em mínima alta.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Abertura

Apesar de mais fraqueza no dólar, a semana começa com os mercados operando em estabilidade:  no Japão,  foi feriado, na Europa, o Stoxx50 recua 0,1% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 sobe 0,1%,  até agora.    As comodities ainda não tiveram alterações relevantes.      Por aqui,   o mercado teve a quinta alta seguida,  com volume abaixo da média de junho.     A posição vendedora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 81 mil para 92 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 144 mil para 138 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  subiram os saldos da Vale e recuou muito o de PETR3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,1%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto teve uma quinta alta seguida na sexta-feira, ainda que bem menor. O volume foi de 61 mil cts e os indicadores, muito esticados, cederam de leve no final. Hoje, a abertura está sendo em mínima alta.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 784 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" A venda da Alpargatas", sobre os acontecimentos da semana;
" O dólar cede " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: JBS on, Bradesco on e Marfrig on.

Abertura

Os mercados operam em estabilidade,  digerindo os fatos da semana:  no Japão, o Nikkei225 ganhou mínimos 0,09%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,1% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 cai 0,1%,  até agora.    O dólar segue mais fraco e o petróleo volta a se firmar.      Por aqui,   o mercado teve nova alta (a quarta seguida),  com volume pouco abaixo da média de junho.     A posição vendedora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 76 mil para 81 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 152 mil para 144 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  subiram todos os saldos.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,1%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto teve nova alta ontem, atingindo um topo para o período, voltando ao gap de baixa aberto em maio. O volume foi de apenas 54 mil cts e os indicadores seguem muito esticados. Hoje, a abertura está sendo em mínima baixa.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Abertura

A declaração do FED de que serão graduais novos aumentos nos juros,  provocou ontem alguma rápida euforia nos mercados que,  agora,  parecem refletir melhor:    no Japão, o Nikkei225 ganhou mínimos 0,01%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,3% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 sobe 0,1%,  até agora.    Os juros cederam um pouco, mas moedas e comodities estão mais ou menos na mesma.      Por aqui,   o mercado ampliou mais o repique,  com volume muito acima da média de junho, refletindo também o noticiário político.     A posição vendedora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 65 mil para 76 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 155 mil para 152 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  subiram os dados da Vale.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,1%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto abriu ontem com pequeno gap de alta, recuou para cobri-lo e depois disparou para cima até o final. O volume subiu para 105 mil cts e os indicadores seguem em valores muito esticados. Hoje, a abertura está sendo em mínima baixa.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Aberrtura

O dólar segue mais fraco, mas o petróleo repica e as Bolsas melhoram:    no Japão, por exceção,  o Nikkei225 perdeu 0,48% (valorização do yen), na Europa, o Stoxx50 avança 0,7% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 sobe 0,2%,  até agora.        Por aqui,   o mercado ampliou o repique,  com volume abaixo da média de junho.     A posição vendedora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 64 mil para 65 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 156 mil para 155 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  recuaram os saldos, exceto o de VALE3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,4%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto abriu em baixa ontem, mas repicou para ampliar os ganhos da véspera. O volume foi de 72 mil cts e os indicadores ficaram muito esticados. Hoje, a abertura está sendo em alta.

terça-feira, 11 de julho de 2017

Abertura

O dólar devolve ganhos de ontem,  o ouro cede e as Bolsas estão indecisas:    no Japão,  o Nikkei225 ganhou 0,57%,  na Europa, o Stoxx50 recua 0,2% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 cai 0,1%,  até agora.        Por aqui,   o mercado teve repique,  com volume abaixo da média de junho.     A posição vendedora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 63 mil para 64 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 166 mil para 156 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, novamente subiram os saldos, exceto o de PETR3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,2%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto teve ontem um dia de repique, voltando a ultrapassar a média móvel de 200 barras. O volume foi de apenas 59 mil cts e os indicadores esticaram e cederam no final. Hoje, a abertura está sendo em ligeira baixa.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Abertura

A semana começa com o dólar um pouco mais forte e os mercados mais calmos:   no Japão,  o Nikkei225 ganhou 0,76%,  na Europa, o Stoxx50 avança 0,3% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 opera estável,  até agora.    Os juros cedem uma fração e o petróleo segue mais fraco.        Por aqui,   o mercado teve ligeira baixa na sexta-feira,  com volume abaixo da média de junho.     A posição vendedora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 49 mil para 63 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 160 mil para 166 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiram os saldos, exceto o de PETR3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,2%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto teve leve repique na sexta-feira. O volume foi e 68 mil cts e os indicadores repicaram da faixa dos mínimos. Hoje, abertura está sendo em ligeira alta.

>P>

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Indicadores Gerais do Mercado

Ibovespa semanal dolarizado

Verdades e Mentiras da Bolsa (de volta...)

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 783 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" Os estranmgeiros se protegem ", sobre os acontecimentos da semana;
" Contando as Ondas" , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: Suzano Papel pna, Usiminas pna e Fíbria on.

Abertura

Os mercados seguem cautelosos:    no Japão,  o Nikkei225 perdeu 0,32%,  na Europa, o Stoxx50 recua 0,3% e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 opera estável,  até agora.    Os juros sobem mais um pouco,  o dólar perde para  euro e o petróleo cede.        Por aqui,   o mercado teve baixa,  com volume abaixo da média de junho.     A posição vendedora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 51 mil para 49 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 165 mil para 160 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiram os saldos de PETR3 e VALE3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,4%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto esteve em baixa ontem, voltando a ficar baixo da média móvel de 200 barras. O volume foi de apenas 56 mil cts e os indicadores cederam a valores mínimos. Hoje, a abertura está sendo em ligeira alta.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Abertura

Os mercados retornam vagarosos, após o feriado americano e na expectativa da reunião do G-20:    no Japão,  o Nikkei225  ganhou 0,25%,  na Europa, o Stoxx50 opera estável e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 sobe 0,1%  até agora.    Os juros, comodities e moedas seguem sem maiores alterações.        Por aqui,   o mercado teve mínima baixa,  com volume muito abaixo da média de junho.     A posição  dos investidores não residentes no futuro do dólar manteve-se como vendedora em 63 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 169 mil para 168 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, recuaram todos os saldos.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,3%. 

Futuro do Ibovespa

Gráfico sendo atualizado...

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Abertura

Os mercados retornam vagarosos, após o feriado americano e na expectativa da reunião do G-20:    no Japão,  o Nikkei225  ganhou 0,25%,  na Europa, o Stoxx50 opera estável e nos Estados Unidos,  o futuro do S&P500 sobe 0,1%  até agora.    Os juros, comodities e moedas seguem sem maiores alterações.        Por aqui,   o mercado teve mínima baixa,  com volume muito abaixo da média de junho.     A posição  dos investidores não residentes no futuro do dólar manteve-se como vendedora em 63 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 169 mil para 168 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, recuaram todos os saldos.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,3%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto teve um dia paralisado pelo feriado americano, fechando com mínima alta. O volume foi de apenas 18 mil cts e os indicadores cederam um pouco, em divergência com a cotação. Hoje, a abertura está sendo em ligeira baixa.

terça-feira, 4 de julho de 2017

Abertura

Os mercados funcionam hoje a meia bomba,  devido ao feriado americano:    no Japão,  o Nikkei225  perdeu 0,12% e na Europa, o Stoxx50 recua 0,2%  até agora.    Os juros, comodities e moedas estão mais ou menos como ontem.        Por aqui,   o mercado teve alta,  com volume bem abaixo da média de junho,  que foi de R$ 7,667 BB,  por sua vez menor que a de maio.     A posição  dos investidores não residentes no futuro do dólar, ao longo de junho,  foi passando a vendedora (de + 60 mil para -79 mil contratos, de fins de maio para cá,  ao contrário do que divulguei ontem, quando passou a -63 mil contratos),  numa mudança raramente vista.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 133 mil para 169 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, recuaram os saldos, exceto o de PETR4.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,2%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto teve leve alta ontem, mantendo-se acima da média móvel de 200 barras. O volume foi de apenas 45 mil cts e os indicadores estão ainda esticados. Hoje, a abertura está sendo em ligeira baixa.

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Indicadores Gerais do Mercado

Ibovespa semanal dolarizado

Abertura

Os mercados começam o mês mais animados, com boas cifras sobre  a indústria na zona do euro e na China:    no Japão,  o Nikkei225  ganhou 0,11% (perdeu 0,6% em junho),    na Europa, o Stoxx50 avança 0,9% (perdeu 3% em junho)  e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,3%,   até agora (perdeu 0,6% em junho).    Os juros seguem estáveis nas últimas quatro semanas e o dólar, no período,  perdeu para o euro e ganhou vs o yen;  entre as comodities,  em junho o petróleo e ouro estiveram em baixa, e trigo e cobre subiram.        Por aqui,   o mercado teve alta na sexta-feira (garantindo ligeira alta no mês),  com volume abaixo da média de maio.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 60 mil para 79 mil contratos, de fins de maio para cá.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 60 mil para 133 mil contratos, de maio para cá, aumentando paulatinamente.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiram um pouco os saldos, exceto o de PETR4,  que cedeu muito em junho.     No pré pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,1%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Agosto teve alta na sexta-feira, voltando a superar a média móvel de 200 barras, após algum tempo. O volume foi de apenas 57 mil cts e os indicadores fecharam esticados. Hoje, a abertura está sendo em mínima alta.

Voltando...

Após uma pausa, retorno ao Blog, constatando que o cenário não mudou muito para o mercado, que terminou junho com ligeira alta. Aparentemente, a dinâmica da situação política provocou novas alternativas e segue indefinida, mas o mercado (talvez, a sociedade...) parece anestesiado e não tem reagido negativamente a perspectivas cada vez mais sombrias que a mídia propaga diariamente, talvez porque a conjuntura econômica siga apresentando sinais de melhoria. Continuaremos sem muito assunto de mercado propriamente dito, mas acompanhando como sempre o que for acontecendo.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Aos leitores

Com uma pausa programada (férias anuais...), para começar na próxima segunda-feira, tanto para o Blog como para o Verdades&Mentiras da Bolsa, decidi antecipar o início desta pausa para hoje, tendo em vista a confusão e a perplexidade que envolvem o país com os acontecimentos políticos e policiais. Espero que as leis sejam cumpridas e que não seja interrompido programa de recuperação da economia, cujos primeiros resultados já estão sendo colhidos. Não há muito o que falar neste momento, tantas são as surpresas.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Abertura

Os mercados estão mais fracos hoje, com juros mais baixos,  queda do dólar entre as moedas e pequena acomodação do petróleo.      No Japão,  o Nikkei225  perdeu 0,53%,    na Europa, o Stoxx50 recua 0,3% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,4%,   até agora.          Por aqui,   o mercado teve ligeira alta,  com volume acima da média de abril.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 74 mil para 60 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 55 mil para 60 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  subiram os saldos (muito o de PETR4...), exceto o de VALE3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,5%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho abriu mais fraco ontem e reagiu, fechando com leve alta. O volume foi de 67 mil cts e os indicadores reagiram menos que a cotação. Hoje, a abertura está sendo em baixa.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Abertura

Os mercados estão estabilizados, de modo geral,  as únicas alterações relevantes sendo a valorização do euro (posse do novo  governo francês) e o repique do petróleo (OPEP manteria cortes na produção).      No Japão,  o Nikkei225  ganhou 0,25%,    na Europa, o Stoxx50 recua 0,04% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,07%,   até agora.          Por aqui,   o mercado teve ligeira alta,  com volume acima da média de abril (exercícios de opções: R$ 3,705 BB).     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 89 mil para 74 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 56 mil para 55 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  subiram os saldos, exceto o de PETR3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,3%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve um dia lateral ontem, junto dos topos recentes, fechando com leve alta. O volume foi de apenas 58 mil cts e os indicadores ficaram de lado, em valores altos. Hoje, a abertura segue em ligeira alta.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Abertura

A semana começa com um forte repique do euro vs o dólar e outro repique, menor,  na cotação do petróleo.    No Japão,  o Nikkei225 perdeu 0,07%,    na Europa, o Stoxx50 recua 0,2% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,1%,   até agora.          Por aqui,   o mercado teve alta,  com volume acima da média de abril.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 95 mil para 89 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 55 mil para 56 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  subiram os saldos de PETR4 e VALE3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,4%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho abriu forte na sexta-feira e depois assentou um pouco, fechando ainda bem positivo. O volume foi de 71 mil cts e os indicadores cederam no final. Hoje, a abertura está sendo em leve alta.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Indicadores Gerais do Mercado

Ibovespa semanal dolarizado

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 782 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" O trimestral da Petrobrás ", sobre os acontecimentos da semana;
" PETR4 " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: Qualicorp on, Natura on e Equatorial on.

Abertura

As Bolsas seguem em acomodação, ligeiramente mais fracas:     no Japão,   Nikkei225 perdeu 0,39%,    na Europa, o Stoxx50 avança 0,1% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,2%,   até agora.   Juros, moedas e comodities continuam sem maiores alterações.       Por aqui,   o mercado teve ligeira alta,  com volume abaixo da média de abril.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar ficou em 95 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 56 mil para 55 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, os saldos subiram, exceto o de VALE5.     No pré pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,6%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho consolidou ontem ganho anterior, fechando com mínima alta. O volume foi de 62 mil cts e os indicadores ficaram de lado, em valores elevados. Hoje, a abertura vai sendo em alta.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Abertura

As Bolsas estão abrindo em acomodação, considerada apenas técnica,  sem outras novidades:     no Japão,   Nikkei225 ganhou 0,31%, mas   na Europa, o Stoxx50 recua 0,5% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,3%,   até agora. Juros, moedas e comodities sem maiores alterações,  salvo o petróleo que tem pequeno repique.       Por aqui,   o mercado teve forte alta,  com volume acima da média de abril.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 144 mil para 95 mil contratos (em 2 dias).   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 58 mil para 56 mil contratos (em 2 dias).     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  todos os saldos recuaram (em 2 dias).     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,3%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve dois dias de forte alta, atingindo a um novo topo. Os volume estiveram em torno de 65 mil cts e os indicadores esticaram bem, a valores máximos. Hoje, a abertura está sendo em leve baixa.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Manutenção técnica

Hoje, verificação conexões.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Abertura

Os juros sobem mais um pouco, numa reação tardia às cifras sobre o emprego e com isso, o dólar reage entre as moedas, sem afetar ainda as comodities.      No Japão,   Nikkei225 perdeu 0,26%,    na Europa, o Stoxx50 avança 0,4% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,1%,   até agora.        Por aqui,   o mercado teve leve baixa,  com volume bem abaixo da média de abril,  com muitas operações em opções de ITUB4 e em termos de Ambev.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 137 mil para 144 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 56 mil para 58 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  subiram os saldos da Vale.     No pré pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,4%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve ontem um dia de lado, em cima da média móvel de 200 barras, terminando ligeiramente negativo. O volume foi de apenas 52 mil cts e os indicadores ficaram de lado também. Hoje, a abertura está sendo em leve alta.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Abertura

A semana começa com poucas alterações,  mesmo com a confirmação das pesquisas nas eleições francesas: o ouro e o petróleo seguem fracos,  os juros e as moedas estão na mesma e as Bolsas pouco reagem:   no Japão,  após três dias de feriados, o Nikkei225 ganhou 2,31%,  mas  na Europa, o Stoxx50 recua 0,5% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,1%,   até agora.        Por aqui,   o mercado teve forte repique na sexta-feira,  com volume bem abaixo da média de abril.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 143 mil para 137 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 53 mil para 56 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  os saldos subiram,  exceto o de VALE3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,5%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve repique na sexta-feira, voltando acima da m´pedia móvel de 200 barras. O volume foi de 62 mil cts e os indicadores repicaram dos mínimos. Hoje, a abertura está sendo em baixa.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 781 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" A verdade sobre as reformas ", sobre os acontecimentos da semana;
" Grandes Bancos " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: Vale on, BRF Foods on e Gerdau Met pn.

Abertura

O ouro e o petróleo seguem fracos,  os juros reagem levemente e o dólar ainda perde vs o euro e ganha vs o yen.   No Japão,  ainda feriado (foram três dias seguidos: Dia da Constituição, Dia do Verde e Dia das Crianças...),   na Europa, o Stoxx50 recua 0,2% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,1%,   até agora.        Por aqui,   o mercado teve forte baixa,  com volume acima da média de abril.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 118 mil para 143 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 63 mil para 53 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  os saldos subiram,  exceto o de PETR4.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,1%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve forte baixa ontem. O volume foi de 95 mil cts e os indicadores cederam a mínimos. Hoje a abertura está sendo em levísima baixa.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Abertura

O ouro cai com maior intensidade, revelando redução nos temores inflacionários,  mas juros e moedas não apresentam alterações relevantes.   No Japão,  feriado de novo,   na Europa, o Stoxx50 avança 0,8% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,3%,   até agora.        Por aqui,   o mercado teve baixa,  com volume acima da média de abril.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 115 mil para 118 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 69 mil para 63 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  os saldos recuaram, exceto o de VALE3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,3%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve um dia mais fraco ontem, devolvendo parte dos ganhos da véspera. O volume foi de 65 mil cts e os indicadores cederam bastante. Hoje, a abertura segue em baixa.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Abertura

Os mercados estão ligeiramente mais fracos, os juros em queda,  bem como o ouro e o petróleo,  enquanto que o dólar ainda perde do euro e ganha do yen.    No Japão,  feriado hoje,   na Europa, o Stoxx50 recua 0,2% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,1%,   até agora.        Por aqui,   o mercado teve forte alta,  com volume acima da média de abril.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 111 mil para 115 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 65 mil para 69 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiram os saldos da Vale.     No pré pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,5%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho abriu ontem com gap de alta e disparou, cedendo um pouco no final. O volume foi de 79 mil cts e os indicadores esticaram a máximos e cederam no final. Hoje, a abertura está sendo em baixa.

terça-feira, 2 de maio de 2017

Abertura

Os mercados começam a semana com o dólar ainda perdendo do euro e ganhando do yen,  o ouro mais fraco e as Bolsas calmas:    no Japão,  o Nikkei225 ganhou 0,70%,   na Europa, o Stoxx50 avança 0,2% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,1%,   até agora.        Por aqui,   o mercado fechou abril com alta,  com volume abaixo da média de abril,  que foi de R$ 8,111 BB,  pouco menor que a de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 108 mil para 111 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 64 mil para 65 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, os saldos recuaram, exceto o de VALE3.     No pré pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,3%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho voltou a subir na sexta-feira e voltou a topo recente, acima da média móvel de 200 barras. O volume foi de 61 mil cts e os indicadores esticaram mais um pouco. Hoje, a abertura está sendo em leve alta.

sábado, 29 de abril de 2017

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Ibovespa semanal dolarizado

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 780 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" O trimestral da Vale ", sobre os acontecimentos da semana;
" VALE PNA " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: Pão de Açúcar pn, Marfrig on e Cemig pn.

Abertura

Os mercados seguem de lado, sem maiores alterações:     no Japão,  o Nikkei225 perdeu 0,29%,   na Europa, o Stoxx50 recua 0,1% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,1%,   até agora.   Juros,  moedas e comodities também operam estáveis.      Por aqui,   o mercado teve leve baixa,  com volume abaixo da média de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 118 mil para 108 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 65 mil para 64 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, os saldos subiram, exceto o de PETR4.     No pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,4%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve ontem leve baixa, oscilando pouco. O volume foi de 60 mil cts e os indicadores ficaram de lado. Hoje, a abertura está sendo em leve alta.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Abertura

Os mercados estão  levemente mais fracos,  ainda em consolidação:    no Japão,  o Nikkei225 perdeu 0,19%,   na Europa, o Stoxx50 recua 0,4% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,1%,   até agora.   Juros e moedas estão como ontem,  o ouro e o petróleo seguem um pouco mais  fracos.      Por aqui,   o mercado teve leve baixa, com volume abaixo da média de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 95 mil para 118 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 64 mil para 65 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, novamente os saldos recuaram, exceto o de VALE3.     No pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,6%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve ontem um dia de leve correção. O volume foi 67 mil cts e os indicadores cederam um pouco. Hoje, a abertura está sendo em alta. Gráfico daqui a instantes.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Abertura

Os mercados seguem, tentando uma consolidação:    no Japão,  o Nikkei225 ganhou 1,10%,   na Europa, o Stoxx50 recua 0,3% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,1%,   até agora.   Os juros sobem ligeiramente,  o ouro e o petróleo ainda estão fracos e o dólar ganha do yen e estabiliza vs o euro.      Por aqui,   o mercado teve nova alta, com volume pouco abaixo da média de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 90 mil para 95 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 62 mil para 64 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, os saldos recuaram, exceto o de VALE3.     No pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,2%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho abriu em baixa e tentou cobrir um gap anterior, o que praticamente foi feito, repicando depois até o final, de volta à média móvel de 200 barras. O volume foi de 77 mil cts e os indicadores tiveram movimentação semelhante à da cotação. Hoje, a abertura está sendo em ligeira baixa.

terça-feira, 25 de abril de 2017

Abertura

Os mercados estão mais calmos, tentando consolidar os ganhos de ontem:    no Japão,  o Nikkei225 ganhou 1,08%,   na Europa, o Stoxx50 avança 0,3% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,2%,   até agora.   Os juros estão como ontem,  o ouro e o petróleo estão mais fracos e novamente, o dólar ganha do yen e perde para o euro.      Por aqui,   o mercado teve alta, com volume pouco abaixo da média de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 98 mil para 90 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 58 mil para 62 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, os saldos subiram, exceto o de VALE5.     No pregão,  a abertura está sendo em baixa de 0,2%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho abriu ontem com gap de alta e chegou até a média móvel de 200 barras, onde achou resistência, ficando de lado até o final nesse nível. O volume foi de apenas 52 mil cts e os indicadores repicaram ligeiramente com menos força. Hoje, a abertura está sendo em ligeira baixa.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Abertura

A semana começa com euforia nas Bolsas, por conta do resultado das eleições francesas: no Japão,  o Nikkei225 ganhou 1,37%,   na Europa, o Stoxx50 avança 3,9% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 1,1%,   até agora.   Os juros subiram, o ouro está em queda e o dólar ganha do yen e perde para o euro.      Por aqui,   o mercado teve leve alta na quinta-feira, com volume abaixo da média de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 85 mil para 98 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 57 mil para 58 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, os saldos cederam bastante,  em especial dos de Vale, sinalizando reversão de uma grande operação feita.     No pregão,  a abertura está sendo em alta de 1%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve leve alta no último pregão. O volume foi de 73 mil cts e os indicadores igualmente tiveram pequena alta. Hoje, a abertura está sendo em alta.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 779 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" A falsa crise (II) ", sobre os acontecimentos da semana;
" Minério de ferro " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: Sid Nacional on, Marfrig on e Sabesp on.

Indicadores Gerais do Mercado

Ibovespa semanal dolarizado

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Abertura

Os mercados operam mais firmes,  destacando-se que, entre as moedas, o dólar perde para o euro e ganha do yen, enquanto o petróleo segue mais fraco.       No Japão,  o Nikkei225 ganhou 0,70%,   na Europa, o Stoxx50 avança 0,4% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,2%,   até agora.         Por aqui,   o mercado teve nova baixa, com volume abaixo da média de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 84 mil para 85 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 62 mil para 57 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, os saldos subiram, exceto o de PETR4 (ainda aumentando muito o saldo de VALE5.      No pregão,  a abertura está sendo em alta de 0,4%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho continuou em baixa ontem, ao longo de todo o pregão. O volume foi de 77 mil cts e os indicadores recuaram de novo a valores mínimos. Hoje, a abertura mostra leve repique.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Abertura

Os mercados parecem mais calmos hoje, o euro repicando vs o dólar e o ouro cedendo levemente.       No Japão, o Nikkei225 ganhou mínimos 0,07%,   na Europa, o Stoxx50 avança 0,3% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,2%,   até agora.         Por aqui,   o mercado teve baixa, com volume abaixo da média de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 83 mil para 84 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 69 mil para 62 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, os saldos subiram, exceto o de PETR3 e aumentaram muito os saldos de Vale.      No pregão, a abertura está sendo em alta de 0,5%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve ontem um dia lateral, fechando no negativo. O volume foi de 69 mil cts e os indicadores cederam um pouco. Hoje, a abertura está sendo em alta.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Abertura

A cena política europeia (eleições na França e convocação de eleições no Reino Unido) preocupa e juros ainda baixos enfraquecem o dólar,  enquanto que ouro e petróleo estão mais fracos.       No Japão, o Nikkei225 ganhou 0,35%,   na Europa, o Stoxx50 recua 0,7% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 opera estável,   até agora.         Por aqui,   o mercado teve forte repique, com volume acima da média de março (exercício de opções: R$ 2,786 BB).     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 85 mil para 83 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 65 mil para 69 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale,  apenas subiu e muito o saldo de VALE5.      No pregão, a abertura está sendo em baixa de 0,6%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve ontem um dia de forte repique. O volume foi de 72 mil cts e os indicadores repicaram de mínimo a máximo. Hoje, a abertura está sendo em baixa.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Abertura

A semana começa com nova queda dos juros (10 anos: de 2,5% a.a. para 2,2% a.a. em duas semanas...), até aqui sem afetar muito as moedas, mas puxando o ouro a novo topo,  enquanto que o petróleo cede um pouco por conta de estoques.     No Japão, o Nikkei225 ganhou 0,11%,   na Europa, o Stoxx50 recua 0,4% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,1%,   até agora.         Por aqui,  na quinta-feira o mercado teve forte baixa, com volume abaixo da média de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 84 mil para 85 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 64 mil para 65 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiu o saldo de VALE5.      No pregão, a abertura está sendo em alta de 0,4%. 

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve forte baixa na quinta-feira, voltando a um mínimo recente. O volume foi de 78 mil cts e os indicadores recuaram a valores mínimos também. Hoje, a abertura está sendo em leve alta.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 778 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" A falsa crise ", sobre os acontecimentos da semana;
" Um velho alerta " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Os destaques da semana ficam para depois, pois ainda estou sem atualização para os gráficos...).

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Abertura

Os juros caem mais,  mas o dólar enfraquece um pouco e, em geral,  os mercados estão cautelosos:   no Japão, o Nikkei225 perdeu 0,68%,   na Europa, o Stoxx50 recua 0,5% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,2%,   até agora.    Ouro e petróleo seguem firmes.      Por aqui,  o mercado teve  baixa, com volume muito acima da média de março (exercícios de opções e futuro sobre o índice: R$ 9,177 BB).     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 73 mil para 84 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 43 mil para 64 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiram os saldos, exceto o de PETR3.      No pregão, a abertura está sendo em baixa de 0,3%. 

Futuro do Ibovespa

O novo Futuro Junho teve novo dia de baixa, na data da rolagem. O volume foi de 77 mil cts e os indicadores recuaram a valores baixos. Hoje, a abertura segue em baixa.

Ligação Bovespa

Desde ontem avariada, em reparo.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Futuro do Ibovespa

Aguardando o gráfico do provedor. O futuro Abril, que vence hoje, teve mais um dia de lado ontem. O volume saltou para 127 mil cts e os indicadores ainda estão de lado. Hoje, a abertura está sendo em baixa.3

Abertura

Os juros continuam a oscilar nervosamente,  hoje em queda;  o dólar ganha vs. o euro mas perde para o yen e entre as comodities,  sobem tanto o ouro como o petróleo.   Nas Bolsas,  no Japão, o Nikkei225 perdeu 01,04%,   na Europa, o Stoxx50 recua 0,1% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,2%,   até agora.          Por aqui,  o mercado teve ligeira baixa, com volume pouco abaixo da média de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 55 mil para 73 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 38 mil para 43 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, subiram os saldos de PETR4 e de VALE3.    No pré pregão, o  futuro Abril opera em baixa de 0,4%.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Abertura

Os juros subiram um pouco,  puxando um leve repique do dólar, em meio a calma nos demais mercados:     no Japão, o Nikkei225 perdeu 0,27%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,2% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,1%,   até agora.    O ouro perde uma fração, mas o petróleo segue firme.        Por aqui,  o mercado teve mínima alta, com volume abaixo da média de março.     A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 52 mil para 55 mil contratos.   A posição compradora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 42 mil para 38 mil contratos.     No aluguel de ações de Petrobrás e Vale, novamente subiram os saldos, exceto o de PETR3.    No pré pregão, o  futuro Abril opera em alta de 0,2%.

Futuro do Ibovespa

O Futuro Abril, que vence amanhã, teve noivo dia de lado, ainda pouco abaixo da média móvel de 200 barras. O volume foi de 79 mil cts e os indicadores seguem de lado também. Hoje, a abertura está sendo em ligeira alta.

Arquivo do blog