Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Corretoras internacionais, fim do dia



Ficou no mesmo quadro: o Credit Suisse comprando de quase todos os demais.

Fechamento (futuro)


O índice conseguiu repicar por quase todo o pregão, cedendo espaço apenas na hora final, quando terminou perto da mínima do dia, com volume bem alto e não só por conta de rolagens. Os indicadores continuam cedendo menos do que a cotação, a pressão foi um pouco menor hoje, mas por enquanto foi só isso.

Corretoras internacionais, 16:28 h


O Credit Suisse puxa as compras, com um leque bem amplo de escolhas.

Abertura

Mesmo com os juros baixando um pouco no open, o dólar continua se valorizando em relação ao euro e ao yen, já sem maiores efeitos na maioria das comodities. No Japão, o Nikkei225 perdeu 0,94%, depois dos ganhos recentes, enquanto que na Europa, as blue chips seguem relativamente firmes (Stoxx50 + 0,3%) e nos Estados Unidos, os futuros operam em torno da estabilidade, depois de mais um dia de alta ontem. Por aqui, ainda com volume pequeno, uma rápida alta inicial foi aos poucos sendo corrigida e a menor liquidez provocou quedas mais fortes nas horas finais. O grupo de corretoras internacionais teve saldo comprador líquido de R$ 109 MM, especialmente quando uma delas vendeu cerca de R$ 150 MM na última hora, absorvido pelas outras em sua maior parte. A Petrobrás apresentou lucro recorde no trimestre e no semestre (p/l 9), desmentindo cabalmente com cifras a idéia de que a queda do preço internacional lhe possa ser prejudicial. No pré-pregão de hoje, véspera do vencimento, o Fut.Agosto vai subindo perto de 0,4% com volume regular.

Arquivo do blog