Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Corretoras internacionais, final do dia

Continuaram as recompras e o saldo comprador chegou a +R$ 496 MM (Credit Suisse + 228, Morgan Stanley + 105), enquanto o vendedor somava - R$ 288 MM (JPMOrgan - 189), deixando um saldo comprador final de + R$ 208 MM.

Fechamento (futuro)


Após uma breve alta inicial, o índice veio perdendo preço, recuando até abaixo da média móvel de 21 barras, parando na linha do parabólico. O volume foi de 66 mil contratos e os indicadores de novo estiveram mais lentos que as cotações, mas terminando abaixo de suas médias móveis. Isso deixa o mercado indefinido.

Abertura

Depois de um semana de firme repique, os mercados mundiais estão divididos: na Ásia, fortes altas (Nikkei225 + 5,20%), ainda inspiradas pela noção de que as montadoras americanas serão salvas de alguma maneira. Na Europa, pequena alta para o Stoxx50 (+,16%) e pequenas baixas no futuro do S&P500 (- 0,32%), repercutindo novo enfraquecimento do dólar entre as moedas, uma conseqüente alta em muitas comodities e ainda o novo escândalo financeiro envolvendo pirâmides. Por aqui, a Bovespa terminou bem a semana passada, recuperando na própria sexta-feira uma forte baixa inicial. Hoje, no pré-pregão, o Fut. Dezembro, que vence nesta quarta-feira, vai ganhando em torno de 0,8% com volume bem pequeno. O vencimento de opções, nesta segunda-feira, não deve apresentar maiores novidades, até porque o saldo em aberto deste mercado cada vez diminui mais.

Arquivo do blog