Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

terça-feira, 1 de julho de 2008

Fechamento (futuro)


O índice abriu com forte gap para baixo, por conta da fraqueza dos mercados externos e caiu até quase o final do pregão, quando teve pequeno repique. Os indicadores recuaram bem menos, iniciando uma divergência altista, um dado a mais para sinalizar que um forte repique anda por perto.

Corretoras internacionais, às 14:19 h

O saldo do grupo está vendedor em 220 MM até agora, com destaque para Morgan Stanley (somente em VALE5 vendeu líquido 100 MM). Na compra, UBS Pactual com 52 MM.

Abertura

Após um dia relativamente animado ontem, os mercados começam nervosos o novo semestre, com queda em setores sensíveis à alta do petróleo (montadoras de automóveis, linhas aéreas etc.) e ainda problemas em algumas instituições financeiras (hoje, o grupo UBS). No Japão, persistindo numa longa série de baixas, o Nikkei225 teve apenas leve perda de 0,13%. Na Europa (Stoxx50 – 2,1%) e nos Estados Unidos (futuro do S&P500 – 1,1%) é que as preocupações acima mencionadas estão sendo refletidas, embora pareça ser uma reação de surpresa com o noticiário do dia. Por aqui, a Bovespa conseguiu esticar um pouco seu repique de alta, com volume bem fraco. As corretoras internacionais estiveram ativas na recompra, com os primeiros sinais de que o recorde de vendas de junho (cerca de R$ 7,5 bilhões até o dia 26) , começa a perder impulso. No pré-pregão de agora, entretanto, o Fut. Agosto vai apresentando forte perda de 1,8%, com volume alto, com a turma de sempre querendo surfar na maré externa, por mais que nada tenha a ver conosco...

Arquivo do blog