Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Futuro do Ibovespa


Novamente, o índice tentou um repique nas primeiras horas, mas voltou a cair depois, até o final, fazendo um fundo mais baixo do que o de ontem. O volume foi de 80 mil contratos e os indicadores continuam caindo menos, em divergência altista.

Corretoras internacionais (final do dia)

Mais um dia de vendas do grupo: os saldos vendedores chegaram a -R$ 274 MM (Goldman Sachs -99, em especial PETR4) e os saldos compradores somaram +R$ 150 MM (Credit Suisse +99), restando um saldo vendedor de -R$ 124 MM.

Corretoras internacionais 16:16 h

Até agora, o grupo continua na venda: saldo em torno de -R$ 160 MM.

Abertura

O repique de ontem acabou não indo muito longe e hoje os mercados estão mais fracos: no Japão, o Nikkei225 subiu 0,13%, mas na Europa, o Stoxx50 vai perdendo 1,1% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 vai caindo 0,4%, até o momento. Os juros cederam um pouco no open market, o dólar ganha algo vs o euro e perde vs o yen; as comodities estão mais ou menos estáveis. Por aqui, a Bovespa teve forte baixa, com volume acima da média e grande saldo vendedor das corretoras internacionais (- R$ 333 MM) No aluguel de ações, os saldos diminuíram. A posição vendida dos investidores estrangeiros no futuro do índice passou de – 42 mil para – 37 mil contratos. A posição vendida dos não residentes no futuro de dólar passou de – 233 mil para -225 mil contratos. No pré pregão, o futuro junho opera em baixa de 0,3%.

Arquivo do blog