Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Fechamento (futuro)


Afinal, um dia de repique como projetavam os indicadores, que estavam em divergência altista. A alta foi forte, de início ao fim, e o volume foi alto, 134 mil contratos. As linhas de stop móvel foram rompidas e os indicadores subiram, é claro, o DCCI ficando um pouco esticado. Ainda assim, parece haver espaço para ainda mais repique.

Corretoras internacionais, às 15:07 h

Apesar da alta, a maioria ainda tenta a derrubada, o saldo vendedor líquido está em - R$ 215 MM (Merrill Lynch - 92) e o comprador em apenas + R$ 33 MM (Hedging Griffo + 12), o saldo sendo de - R$ 182 MM.

Abertura

Ilustrando ainda mais o estado alucinado em que se encontram os mercados, estão todos repicando fortemente , sem nenhuma novidade especial outra vez: a explicação é que estão reconhecendo os exageros de pânico de ontem...Na verdade, a proibição de vendas a descoberto no Japão, a vigorar entre novembro e março, deve ter assustado os poderosos operadores que vêm derrubando todos os ativos e acelerado uma cobertura relâmpago. No Japão, o Nikkei225 ganhou 6,40%, enquanto que na Europa o Stoxx50 sobe perto de 3% e os futuros americanos cerca de 5%...O euro recuperou-se um pouco, o yen perdeu um pouco e a maioria das comodities está em alta. Por aqui, num pregão de poucos negócios, a queda final nos Estados Unidos provocou um festival de derrubadas no leilão final, com estranhas trocas de lotes numa pirâmide invertida, que as autoridades devem considerar legítimo capitalismo de risco...Hoje, o pré-pregão tem volume regular e o Fut. Dezembro ganha incríveis 7,2%, possivelmente com a turma surpreendida também com a decisão japonesa sobre short selling e recomprando apressadamente, antes que se copie mais essa regra no Brasil...

Arquivo do blog