Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Corretoras internacionais, final do dia

Estiveram muito ativas num dia em que o movimento geral foi pequeno. Os saldos compradores chegaram a +R$ 140 MM (JP Morgan +51, Brascan + 26) e os vendedores a - R$ 239 MM (Pactual -100, Morgan Stanley - 78), deixando um saldo vendedor de - R$ 99 MM.

Fechamento (futuro)


Abrindo já com forte gap para baixo, o índice aos poucos foi formando um fundo e mesmo teve pequena melhoria no final, negociando 53 mil contratos. Os indicadores, com essa flutuação, estiveram fracos e deram pequena reversão no final, em direção às suas médias móveis, mantendo o mercado indefinido.

Abertura

Apesar de um noção preliminar de que as vendas de fim de ano começaram bem nos Estados Unidos, os mercados globais estão, de modo geral, realizando lucros após um semana de forte repique; no Japão, o Nikkei225 perdeu 1,35% enquanto que na Europa, o Stoxx50 vai perdendo cerca de 2,8% até agora, de certa forma influenciando o futuro do S&P500 que cede já cerca de 2,4%. Não obstante, os juros caíram mais um pouco no mercado aberto americano (10 anos: 2,88% a.a.), mas o dólar perde apenas frente ao yen, recuperando-se em relação ao euro. As comodities estão com flutuações limitadas Por aqui, a Bovespa fechou a semana em alta, com alguma recompra nas principais ações e completou também uma semana de intenso repique. No pré-pregão, o Fut. Dezembro está com queda pronunciada de 3,7% com volume regular, naturalmente pela ação de quem tenta aproveitar a baixa externa como pretexto, por mais que não haja novidades internas ou externas para provocar pânico outra vez.

Arquivo do blog