Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Abertura

Os juros continuam subindo, mantendo o dólar firme entre as moedas e enfraquecendo a maioria das comodities, enquanto que as Bolsas se acomodam: no Japão, o Nikkei225 perdeu 1,07%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,44% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,17%, até agora. Por aqui, o mercado teve leve alta, com volume acima da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 170 mil para 176 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 27 mil para 28 mil contratos. No pré pregão, o futuro Abril opera em mínima baixa de 0,06%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Abril abriu e operou em alta ontem, mas recuou nas horas finais para fechar em leve baixa. O volume foi de 96 mil cts e os indicadores estavam muito esticados e cederam no final. Hoje, a abertura está sendo em mínima baixa.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Abertura

Os juros seguem firmes, ajudando o dólar entre as moedas e ainda enfraquecendo a maioria das comodities, enquanto que as Bolsas se preocupam: no Japão, o Nikkei225 ganhou 0,21%, mas na Europa, o Stoxx50 recua 0,74% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,16%, até agora. Por aqui, o mercado teve alta, com volume acima da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 155 mil para 170 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 26 mil para 27 mil contratos. No pré pregão, o futuro Abril opera em mínima alta de 0,06%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Abril abriu ontem em baixa e logo repicou com força, voltando a ceder um pouco no final. O volume foi de 97 mil cts e os indicadores esticaram, para ceder no final. Hoje, a abertura está sendo em mínima alta.

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Abertura

Os juros voltam a subir bem e fortalecem o dólar entre as moedas, enfraquecendo a maioria das comodities, enquanto que as Bolsas se assustam: no Japão, o Nikkei225 perdeu 1,01%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,02% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,77%, até agora. Por aqui, o mercado teve leve alta, com volume acima da média de janeiro (exercícios de opções: R$ 7,117 BB). A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar ficou em 155 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 25 mil para 26 mil contratos. No pré pregão, o futuro Abril opera em baixa de 0,69%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Abril teve novo dia lateral, um degrauzinho acima e com fraco movimento. O) volume foi de apenas 30 mil cts e os indicadores reagiram no final. Hoje, a abertura está sendo em baixa.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Abertura

A semana começa com o feriado americano do Dia do Presidente afetando a liquidez nos mercados em geral: no Japão, o Nikkei225 ganhou 1,97% e na Europa, o Stoxx50 recua 0,13%, até agora. Há poucas alterações em juros, moedas e comodities, mas o petróleo está mais firme. Por aqui, o mercado teve ligeira alta na sexta-feira, com volume acima da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 161 mil para 155 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 26 mil para 25 mil contratos. No pré pregão, o futuro Abril opera em alta de 0,27%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Abril esteve de lado na sexta-feira, fechando com ligeira alta. O volume foi de 65 mil cts e os indicadores também estiveram laterais. Hoje, a abertura está sendo em ligeira alta.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Verdades e Mentiras da Bolsa

Próxima Edição na semana que vem.

Abertura

Os juros cedem um pouco, mas o dólar não se recupera entre as moedas, enquanto que a maioria das comodities segue em alta, assim como as Bolsas: no Japão, o Nikkei225 ganhou 1,19%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,87% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,32%, até agora. Por aqui, o mercado seguiu em alta, com volume acima da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 160 mil para 161 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa permaneceu em 26 mil contratos. No pré pregão, o futuro Abril opera em alta de 0,17%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Abril (em gráfico contínuo) voltou a abrir com gap de alta, mas ontem, ficou de lado depois disso. O volume foi dde 77 mil cts e os indicadores esticaram. Hoje, abriu com alta mínima.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Ibovespa

Enquanto o provedor não disponibiliza o gráfico do futuro Abril, vemos o semanal do Ibovespa, onde há uma divergência baixista entre o índice e o força relativa, este não fazendo topo mais alto que o anterior como o índice.

Abertura

Os juros estão em nova arrancada, promovendo também nova desvalorização do dólar e ajuste positivo em muitas comodities (ouro e petróleo em repique); as Bolsas seguem tentando recuperar a euforia do início do ano: no Japão, o Nikkei225 ganhou 1,47%, na Europa, o Stoxx50 avança 1,08% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,58%, até agora. Por aqui, o mercado esteve em forte alta no curto pregão da volta do Carnaval, com volume muito acima da média de janeiro (exercícios de opções e vencimento do futuro sobre o índice= R$ 7,480 BB). A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 170 mil para 160 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 55 mil para 26 mil contratos. No pré pregão, o futuro Abril opera em alta de 0,84%.

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Abertura

Os juros vêm se mantendo altos e o dólar não consegue repicar, especialmente vs o yen. Assim, no Japão, o Nikkei225 segue fraco e hoje perdeu 0,43%, enquanto na Europa, o Stoxx50 andou caindo, mas hoje avança 0,53% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 também repicava de perdas, mas voltou a ceder bastante com cifras da inflação e cai 0,36%, até agora. O ouro se mantém estável e o petróleo ainda cai, com rumores de alta produção americana. Por aqui, o mercado esteve em baixa na sexta-feira passada, com volume acima da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 168 mil para 170 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 51 mil para 55 mil contratos. No pregão, o Ibovespa opera em alta de 0,83%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Fevereiro, que vence hoje, esteve em baixa na última sexta-feira, reagindo um pouco no final. O volume foi de 128 mil cts e os indicadores ficaram em valores baixos. Hoje, a abertura está sendo em alta.

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 813 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" Dinheiro demais... ", sobre os acontecimentos da semana;
" Grandes Bancos " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: BRF Foods on, Eletrobrás pnb e Magazine Luisa on.

Abertura...atrasada

Os juros ainda sobem, o dólar se firma entre as moedas, ouro e petróleo seguem fracos e as Bolsas tentam repicar das fortes quedas de ontem: no Japão, o Nikkei225 ainda perdeu 2,32%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,43% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,57%, até agora. Por aqui, o mercado esteve em baixa, com volume acima da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 155 mil para 168 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 50 mil para 51 mil contratos. No pregão, o Ibovespa opera em ligeira baixa.

Futuro do Ibovespa

O futuro Fevereiro voltou a operar em baixa ontem, ficando abaixo da média móvel de 200 barras. O volume foi de 120 mil cts e os indicadores fecharam em valores mínimos.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Abertura

Os juros sobem mais, porém o dólar repica entre as moedas, especialmente vs o euro; ouro e petróleo seguem, em baixa e as Bolsas continuam nervosas: no Japão, o Nikkei225 ganhou 1,13%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,99% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,18%, até agora. Por aqui, o mercado esteve em nova acomodação, com volume acima da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 136 mil para 155 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 42 mil para 50 mil contratos. No pré pregão, o mercado está em baixa de 0,27%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Fevereiro teve nova baixa ontem, fechando ainda acima da média móvel de 200 barras. O volume foi de 106 mil cts e os indicadores cederam bastante. Hoje, a abertura está sendo em leve baixa.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Abertura

Os mercados tentam repicar do pânico de vendas: no Japão, o Nikkei225 ganhou 0,16% (após 3 dias de baixa), na Europa, o Stoxx50 avança 0,63% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,86%, até agora. Os juros têm oscilado, mas estão altos, o dólar melhorou um pouco e ouro e petróleo estão em baixa. Por aqui, o mercado esteve em forte repique, com volume muito acima da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 120 mil para 136 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 43 mil para 42 mil contratos. No pré pregão, o mercado está em baixa de 0,82%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Fevereiro teve ontem um forte repique, a partir da média móvel de 200 barras. O volume pulou para um recorde de 182 mil cts e os indicadores repicaram também. Hoje, a abertura está sendo em baixa.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Abertura

O súbito pânico de vendas de ontem ainda perdurou na Ásia (no Japão, o Nikkei225 perdeu incríveis 4,73%) e segue na Europa (o Stoxx50 recua 1,82%), mas ensaia um repique nos Estados Unidos (o futuro do S&P500 sobe 0,60%), até agora. Os juros cederam bastante pela procura de renda fixa, dando apoio a uma melhoria do dólar entre as moedas, enquanto o ouro repica também e o petróleo segue mais fraco. Por aqui, o mercado esteve em forte baixa, com volume pouco abaixo da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 113 mil para 120 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 45 mil para 43 mil contratos. No pré pregão, o mercado está em baixa de 0,61%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Fevereiro teve forte baixa ontem, abrindo com gap e cedendo até a média móvel de 200 barras. O volume foi de 195 mil cts e os indicadores desabaram a valores mínimos. Hoje, a abertura está sendo em baixa.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Abertura

A semana começa com juros ainda altos, dólar, comodities e Bolsas em acomodação: no Japão , o Nikkei225 perdeu 2,55% (!), na Europa, o Stoxx50 recua 1,07% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 040%, até agora. Por aqui, o mercado esteve em forte baixa na sexta-feira, com volume pouco acima da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 80 mil para 113 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 52 mil para 45 mil contratos. No pré pregão, o mercado está em baixa de 0,91%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Fevereiro esteve em forte baixa na sexta-feira, abrindo já com gap e fechando em leve reação. O volume foi de 93 mil cts e os indicadores cederam bastante. Hoje, a abertura segue em baixa.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Verdades e Mentiras da Bolsa - completo

Já está disponível a página 4 da Ed812, com os destaques da semana: Qualicorp on, Embraer on e Weg on.

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 812 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" Comodities também em alta ", sobre os acontecimentos da semana;
" Ibovespa histórico " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Novamente, em cima da hora, problema no provedor, assim não tenho como publicar a página 4, com os destaques da semana.

Abertura

Os juros seguem em alta implacável, enfraquecendo o dólar e derrubando as Bolsas: no Japão , o Nikkei225 perdeu 0,90%, na Europa, o Stoxx50 recua 1,14% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,70%, até agora. Ouro e petróleo operam em estabilidade. Por aqui, o mercado esteve em alta, com volume bem acima da média de janeiro. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 81 mil para 80 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 56 mil para 52 mil contratos. No pré pregão, o mercado está em baixa de 1,40%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Fevereiro abriu novamente com gap de alta e depois acomodou-se, fechando positivo. O volume foi de 88 mil cts e os indicadores terminaram a meio de escala. Hoje, a abertura está sendo em baixa.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Abertura

O dólar reage um pouco, com nova subida dos juros e as Bolsas tentam consolidar ganhos recentes: no Japão , o Nikkei225 repicou 1,68% (desvalorização do yen), na Europa, o Stoxx50 avança 0,35% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,12%, até agora. Ouro e petróleo estão em ligeira alta. Por aqui, o mercado esteve em alta, com volume bem acima da média de janeiro, que foi de R$ 10,184 BB. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 43 mil para 81 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 52 mil para 56 mil contratos. No pré pregão, o mercado está em ligeira baixa de 0,18%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Fevereiro abriu com gap de alta, subiu a novo topo e nas horas finais, recuou um pouco. O volume foi de 77 mil cts e os indicadores terminaram esticados. Hoje, a abertura está sendo em ligeira queda.

Arquivo do blog