Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Fechamento (futuro)


O índice desabou da abertura até o meio da tarde, quando tentou um pequeno repique, logo desfeito. Nem houve tanta venda de estrangeiros hoje, nem quedas enormes lá fora, parece que afinal o público local é que "capitulou" e vendeu a qualquer preço ou fez resgates que provocaram isso. De qualquer maneira, os indicadores sinalizaram repique para amanhã, o que pode parecer impossível, mas as médias móveis foram superadas a partir de valores baixos.

Corretoras internacionais 16:10 h

O volume projetado anda na casa do R$ 4,2 BB e a atividade das corretoras internacionais está bem moderada: Vendas líquidas R$ 202 MM (Credit -95, Morgan Stanley - 69) e compras líquidas de R$ 99 MM (Hedging Griffo + 49), saldo geral vendedor de - R$ 103 MM. Os nacionais é que estão vendendo muito, ao que se sabe por pressão de resgates de início do mês.

Abertura

A semana está começando com os mercados ainda preocupados com o setor financeiro, ainda que de forma mais moderada. Mesmo assim, no Japão o Nikkei225 recuou 1,23%. Na Europa, as blue chips perdem 0,3% (Stoxx50) e os futuros americanos estão com leves baixas perto de 0,2%, até agora. O dólar segue um pouco mais firme entre as moedas, apesar da queda dos juros no open market. Por aqui, a semana terminou com forte baixa, provocada pelo giro de duas corretoras internacionais, em cima dos principais papéis, num dia de movimento muito pequeno. Não há notícias para pretexto, as explicações que aparecem são apenas palpites sobre qual seria a motivação das vendas (sempre buscada em acontecimentos externos) que a mídia, não se sabe porque, insiste em não classificar como manobras baixistas... No pré-pregão, o Fut. Agosto vai perdendo cerca de 0,5% com escassos negócios, podendo aparecer alguma melhoria ainda hoje, a julgar pelos indicadores intraday. O Bradesco apresentou um lucro trimestral de R$ 2,002 BB levemente inferior ao resulta publicado do trimestre anterior, mas superior se ajustados alguns eventos extraordinários (p/l 11). A Vale anunciou a encomenda de doze grandes navios graneleiros, os maiores do mundo, num imenso investimento de US$ 1,6 bilhões, aumentando sua economia de escala no comércio com a Ásia.

Arquivo do blog