Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Fechamento (futuro)



O índice (Junho, gráfico contínuo) confirmou os sinais mais recentes dos indicadores, aqui apontados e abriu já com gap de alta, subindo bastante até o final, que foi perto da máxima, afastando-se bem da linha de baixa dos últimos dias. Os indicadores esticaram bem, sendo que o DCCI já apontou para uma possível acomodação amanhã.

Corretoras internacionais, às 14:51 h


Saldo bem comprador, puxado por Credit Suisse (de novo, mas sua filial Hedging Griffo é a maior vendedora...) e Morgan Stanley:

Futuro muda e rompe...


No intraday, o novo Fut. Junho (em gráfico continuado) rompeu hoje a linha de baixa, resta confirmar:

Abertura

Os mercados globais vão tendo um dia confuso: apesar da divulgação de uma alta na inflação européia (3,6% a.a.), o euro se valorizou frente ao dólar, mesmo com uma alta expressiva dos juros nos Estados Unidos (10 anos: 3,62% a.a.). Petróleo e ouro seguem subindo, vários resultados corporativos decepcionaram, não obstante as Bolsas operam em alta: no Japão, o Nikkei225 ganhou 1,20%, enquanto que na Europa, as blue chips vão subindo 0,6% (Stoxx50) e o futuro do S&P500 tem a mesma alta, até agora. Ontem, os índices americanos tiveram alta moderada. Por aqui, a Bovespa seguiu operando com volume fraco e excepcional concentração em Petrobrás (44% do total), tendo ontem pequenos ganhos. Hoje, vence o futuro de abril do índice e, no pré-pregão, o Fut. Junho vai ganhando cerca de 1,2%, com movimento pequeno.

Arquivo do blog