Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Futuro do Ibovespa


Confirmando a sinalização dos indicadores, o índice teve um dia de baixa, com intenso movimento (94 mil contratos), especialmente no final, quando despencou. Os indicadores seguiram essa movimentação e vieram bem abaixo de suas médias móveis, sugerindo mais acomodação para amanhã.

Corretoras internacionais (fim do dia)

Estas corretoras tiveram novo dia de atuação moderada, novamente com saldos equilibrados: os compradores somaram +R$ 181 MM (JPMorgan +72) e os vendedores chegaram a -R$ 169 MM (Citi - 68), ficando um pequeno saldo comprador de +R$ 12 MM.

Abertura

Depois de um dia de ganhos moderados, os mercados vão tendo hoje um dia em torno da estabilidade, começando por juros, moedas e comodities, praticamente sem alterações. No Japão, ainda o feriado da chegada do outono, enquanto que na Europa (Stoxx50) e nos Estados Unidos (futuro do S&P500), os índices apresentam, até agora, pequenos ganhos de cerca de 0,2%. Por aqui, a Bovespa chegou mais uma vez a novo topo, com volume acima da média; no fechamento e no after-market, houve forte realização de lucros, após o anúncio do esperado (e atrasado...) upgrade de uma agência de rating para a dúvida brasileira. As corretoras internacionais estiveram menos ativas e acabaram com saldo equilibrado, permanecendo a mesma posição comprada dos estrangeiros no futuro do índice, mas voltando a subir o nível do aluguel de ações. No pré-pregão, o Fut. Outubro está perdendo 0,5%, com 3,5 mil contratos negociados, sempre em cima da divergência baixista dos indicadores nos gráficos intraday.

Arquivo do blog