Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Futuro do Ibovespa


Abrindo com gap de alta, o índice logo passou a recuar, desde os primeiros minutos até o final, com volume de 85 mil contratos. Os indicadores estiveram sempre abaixo de suas médias móveis e vão confirmando uma divergência baixista.

Corretoras internacionais (fim do dia)

Como ontem, as compras das mesmas duas corretoras (Credit Suisse +229 e Pactual +120), garantiram mais um saldo comprador deste grupo; os saldos compradores chegaram ao total de +R$ 374 MM, enquanto que os diversos saldos vendedores somavam -R$ 191 MM (Deutsche Bank -51), restando um saldo comprador de +R$ 183 MM.

Abertura

Dados positivos sobre a economia chinesa e também sobre a japonesa vão animando os mercados, depois de um dia em geral estável: no Japão, nem tanto, apesar da produção industrial ter sido muito acima da expectativa, o Nikkei225 terminou com apenas +0,01%. Na Europa, o Stoxx50 está subindo 1,4% e o futuro do S&P500, nos Estados Unidos, ganha perto de 0,8%, até o momento. O dólar enfraqueceu e as comodities ganham preço, porisso e pelas boas notícias sobre a demanda asiática. Por aqui, a Bovespa esteve em acomodação, com volume pouco acima da média e novo bom saldo comprador das corretoras internacionais. Ficaram estáveis o nível de aluguel de ações e a posição comprada por estrangeiros no futuro do índice ( 47 mil contratos). No pré-pregão, o Fut. Dezembro está subindo 1,4%, com bom volume de 7,4 mil contratos.

Arquivo do blog