Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Corretoras internacionais, final do dia

Hoje foi um dia de saldos compradores bem maiores e quase sem vendedores neste grupo. Os saldos compradores somaram +R$ 407 MM (Credit Suisse + 160, Morgan Stanley + 155) e os vendedores apenas - R$ 25 MM (Brascan - 12), ficando um saldo comprador de +R$ 382 MM.

Fechamento (futuro)


Abrindo já com grande gap para cima e já ultrapassando a MM de 200 barras, o índice apenas no final teve leve acomodação, negociando 60 mil contratos, relativamente pouco em proporção ao movimento do à vista. Os indicadores esticaram bastante e sinalizaram a possibilidade de mais acomodação na abertura de amanhã ou ao longo do dia.

Abertura

A possibilidade de que o governo americano lance mão da alternativa de transferir para uma única sociedade (“o banco ruim” ou “bad bank”) os ativos considerados de difícil recuperação, está sendo encarada com grande otimismo pelos mercados globais: o Stoxx50 europeu e os futuros americanos estão subindo em torno de 2% até agora. No Japão, que encerrou negócios bem mais cedo, o Nikkei225 ganhou 0,56%. O euro voltou a se valorizar em relação ao dólar, mas a forte queda do petróleo ontem está sendo associada a uma especulação de curto prazo. Por aqui, a Bovespa teve um dia estranho, novamente de pouco volume, com mais baixas do que altas e valorização dos índices praticamente devido à forte alta da Vale, num dia em que o setor esteve em baixa no mercado internacional; pensou-se em pesadas recompras, mas as cifras do final do dia mostram que o aluguel de VALE5 até aumentou bastante...No pré-pregão de hoje, o Fut. Fevereiro está subindo em torno de 2%, com grande volume de 4 mil contratos.

Arquivo do blog