Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

terça-feira, 24 de junho de 2008

Fechamento (futuro)


O índice abriu e operou em alta, como previsto, até o meio da tarde, tendo forte realização de lucros na hora final. Os indicadores estavam em alta, igualmente, recuando menos do que a cotação, no recuo da hora final. Com isso, o mercado ficou indefinido.

Corretoras internacionais, às 13:58 h


Quase todas na venda moderadamente, mas outra vez parece que ordens grandes estão com as corretoras de grande bancos nacionais (incluindo HSBC).

Abertura

No Japão, uma abertura ainda fraca deu lugar a uma recuperação e o Nikkei225 terminou praticamente estável (- 0,05%). Na Europa (Stoxx50 - 0,73%) e nos Estados Unidos (futuro do S&P500 - 0,53%), ao contrário, os mercados ficaram um pouco mais vendedores com um novo repique no petróleo, mas os volumes continuam baixos. Por aqui, a semana começou com movimento muito reduzido e cotações estáveis, em meio a muitos rumores sobre fiscalização em torno tanto das arbitragens em cima dos papéis principais, como nas puxadas que têm sido feitas em micos, a partir da decisão do diretor do pregão de colocar algumas desses micos sob leilão por todo o pregão. Parece ter sido uma espécie de “freio de arrumação”, já que muitas dessas transações exóticas começam a comprometer seriamente a imagem da Bovespa. No pré-pregão, o Fut. Agosto vai perdendo 1%, com poucos negócios.

Arquivo do blog