Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Fechamento (futuro)


De novo, alta inicial e acomodação posterior, movimentação entre a média móvel de 21 barras e a linha do parabólico. O volume melhorou, ainda que o do à vista siga bem fraco. Os indicadores começaram a melhorar, pode seguir repicando amanhã.

Corretoras internacionais, às 15:59 h

Em mais um dia de poucos negócios, há compradores de + R$ 162MM (Credit Suisse + 54) e vendedores de - R$ 67 MM (Hedging Griffo - 33), ficando um saldo comprador de + R$ 95 MM.

Abertura

Segundo a mídia, a forte baixa nos Estados Unidos de ontem se deve a "novos temores quanto a instituições financeiras", um pretexto já surrado. Na verdade, o mercado ainda tenta formar um patamar para uma recuperação, um processo que sempre tem essas recaídas súbitas, sem causa específica. Hoje, os futuros apresentam pequenos ganhos até agora, os juros cederam mais um pouco e, não obstante, o dólar fortaleceu. No Japão, o Nikkei225 recuou 0,77% e na Europa, as blue chips cedem cerca de 0,4% (Stoxx50). Por aqui, tivemos um início de semana com o movimento mais fraco dos últimos tempos e uma forte baixa, pela liquidez apertada. No pré-pregão de hoje, o Fut.Outubro vai perdendo cerca de 1%, com volume regular. O mercado ainda tenta formar um fundo, mas fica a sensação de que os principais agentes estão ainda hesitantes.

Arquivo do blog