Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Abertura

Após um dia mais fraco e nervoso, os mercados tentam se acalmar: no Japão, o Nikkei225 perdeu 1,11%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,16% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,08%, até agora. Juros, moedas, ouro e petróleo estão relativamente estáveis. Por aqui, o mercado fechou em forte baixa, com volume acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 228 mil para 214 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 16 mil para 14 mil contratos . No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 1,87%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho esteve em forte baixa ontem, registrando novo mínimo. O volume foi de 105 mil cts e os indicadores caíram menos do que a cotação, abrindo divergência. Hoje, a abertura está sendo em baixa forte.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Abertura

Preocupações com a Coréia e com a Itália enfraquecem os mercados hoje, com queda dos juros, do dólar e das Bolsas e com o ouro em alta: no Japão, o Nikkei225 perdeu 1,18%, na Europa, o Stoxx50 recua 1,25% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,67%, até agora. Por aqui, o mercado fechou em alta, com volume muito acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 231 mil para 228 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 7 mil para 16 mil contratos . No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 1,23%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve ontem um dia de repique moderado. O volume foi de 131 mil cts e os indicadores repicaram também. Hopje, a abertura est´pa sendo em baixa.

terça-feira, 22 de maio de 2018

Abertura

Os mercados seguem sustentados, sem maiores novidades, com o dólar cedendo uma pequena fração, juros estáveis, ouro e petróleo em alta e Bolsas firmes: no Japão, o Nikkei225 perdeu 0,18%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,34% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,18%, até agora. Por aqui, o mercado fechou em baixa, com volume muito acima da média de abril (exercícios de opções: R$ 8,137 BB). A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 219 mil para 231 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa ficou em 7 mil contratos . No pré pregão, o futuro Junho opera em alta de 0,63%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho abriu em alta com gap, mas logo enfraqueceu, voltando a ceder quase até o mínimo anterior. O volume foi de 102 mil cts e os indicadores melhoraram de leve no final. Hoje, a abertura está sendo em alta.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Abertura

A semana começa com mais calma, após notícias de que avançaram bem as conversações comerciais China-EEUU, os juros cedem uma fração, o dólar segue firme, bem como o petróleo, enquanto as Bolsas ensaiam um repique: no Japão, o Nikkei225 ganhou 0,31%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,04% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,51%, até agora. Por aqui, o mercado fechou em baixa na sexta-feira, com volume muito acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 225 mil para 219 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 7 mil para apenas 1 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em alta de 1,13%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho esteve em baixa na sexta-feira, até um novo mínimo, de onde reagiu um pouco no final. O volume pulou para 148 mil cts e os indicadores repicaram levemente no final. Hoje, a abertura está sendo em alta.

:

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 826 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" O Copom e a Bolsa ", sobre os acontecimentos da semana;
" Avanço e Declínio " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: Energias BR on, Suzano Papel on e Smiles on.

Abertura

Os mercados continuam intranquilos, os juros seguem marcando novos topos, juntamente com o dólar, enquanto que o ouro e petróleo estacionam e as Bolsas tentam se sustentar: no Japão, o Nikkei225 ganhou 0,40%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,23% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,15%, até agora. Por aqui, o mercado fechou em baixa muito forte, com volume muito acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 185 mil para 225 mil contratos. A posição dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa chegou a ficar compradora, ontem, em 3 mil contratos e voltou a ficar vendedora ontem em 7 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 0,20%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve ontem uma forte baixa, recuando ao nível do fundo recente. O volume saltou parea 140 mil cts e os indicadores terminaramn em valores mínimos. Hoje, a abertura está sendo em ligeira baixa.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Hoje

Manutenção técnica em curso.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Abertura

Preocupados com fatos da política internacional, os juros seguem subindo, juntamente com o dólar, enquanto que o ouro e as Bolsas enfraquecem e até o petróleo também: no Japão, o Nikkei225 perdeu 0,44%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,33% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,11%, até agora. Por aqui, o mercado fechou com ligeira baixa, com volume bem acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 178 mil para 185 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 7 mil para apenas 1 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 0,40%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho abriu ontem em baixa e aos poucos foi repicando, para fechar ainda negativo mas acima da média móvel de 200 barras. O volume foi de 109 mil cts e os indicadores terminaram abaixo do meio da escala. Hoje, a abertura está sendo em baixa.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Abertura

Rumores sobre problemas nas correntes negociações entre EEUU e China fazem os juros chegar a novo topo, puxando o dólar entre as moedas e derrubando o ouro (o petróleo segue firme) e as Bolsas: no Japão, o Nikkei225 perdeu 0,217%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,05% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,31%, até agora. Por aqui, o mercado fechou estável, com volume acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 172 mil para 178 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 16 mil para apenas 7 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 0,74%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho abriu em alta, veio cedendo até a média móvel de 200 barras e repicou de leve no final, para fechar praticamente estável. O volume foi de 92 mil cts e os indicadores terminaram em valores baixos. Hoje, a abertura está sendo em baixa.

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Abertura

A semana começa com juros inalterados, mas com importante repique do euro vs o dólar, enquanto que o ouro e o petróleo estão ligeiramente mais fracos e as Bolsas indefinidas: no Japão, o Nikkei225 ganhou 0,47%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,17% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,13%, até agora. Por aqui, o mercado teve acomodação, com volume bem acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 187 mil para 172 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 26 mil para 16 mil contratos. . No pré pregão, o futuro Junho opera em alta de 0,45%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho esteve em acomodação na sexta-feira, mas mantendo-se acima das médias móveis de 21 e de 200 barras. O volume foi de 81 mil cts e os indicadores recuaram bem. Hoje, a abertura está sendo em alta.

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 825 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" O trimestral da Petrobrás ", sobre os acontecimentos da semana;
" PETR PN " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: Petrobrás on, Natura on e Kroton on.

Abertura

Os juros continuam cedendo, como também o dólar, enquanto o ouro sobe e o petróleo estaciona e nas Bolsas, há reações diversas: no Japão, o Nikkei225 ganhou 1,16%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,26% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,17%, até agora. Por aqui, o mercado teve novo forte repique,, com volume bem acima da média de abril. Ainda não foram divulgadas as posições dos não residentes nos mercados futuros de dólar e do Ibovespa. No pré pregão, o futuro Junho opera em ligeira baixa de 0,11%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho esticou ontem o repique de alta, ultrapassando a média móvel de 200 barras. O volume foi de 96 mil cts e os indicadores terminaram bem esticados. Hoje, a abertura vai sendo em ligeira baixa.

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Abertura

Os juros cedem uma fração e o dólar também, enquanto que o petróleo segue firme e o ouro tem pequeno repique e as Bolsas se sustentam: no Japão, o Nikkei225 ganhou 0,39%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,25% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,20%, até agora. Por aqui, o mercado teve forte repique,, com volume bem acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 166 mil para 187 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 27 mil para 26 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em mínima alta de 0,04%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve ontem um forte repique, chegando a fechar junto à média móvel de 200 barras. O volume foi de 100 mjil cts e os indicadores esticaram bastante. Hoje, a abertura está sendo em mínima alta.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Abertura

Os juros voltam à máxima recente, fazendo o dólar avançar mais entre as moedas, enquanto que o petróleo sobe acima dos US$ 71 WTI e as Bolsas ficam indefinidas: no Japão, o Nikkei225 perdeu 0,44%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,13% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,46%, até agora. Por aqui, o mercado fechou em leve alta, com volume acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 168 mil para 166 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa ficou em 27 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em alta de 0,13%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho esteve em alta ontem, abrindo em baixa e repicando. O volume foi de 118 mil cts e os indicadores repicaram também. Hoje, a abertura vai sendo em ligeira alta.

terça-feira, 8 de maio de 2018

Abertura

O dólar ganha mais vs o euro, sem maiores mudanças nos juros, enquanto ouro e petróleo cedem levemente e as Bolsas operam em ligeira acomodação: no Japão, o Nikkei225 ganhou 0,18%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,49% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,29%, até agora. Por aqui, o mercado fechou em baixa, com volume abaixo da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 171 mil para 168 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 29 mil para 27 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 0,18%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho tentou estabilizar ontem, mas acabou cedendo no final. O volume foi de 64 mil cts e os indicadores estiveram levemente mais fortes que a cotação. Hoje, a abertura está sendo em ligeira baixa.

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Abertura

A semana começa com alta no petróleo, por conta de preocupações com o acordo com o Iran; os juros firmaram, o dólar continua muito firme e as Bolsas operam perto da estabilidade: no Japão, o Nikkei225 perdeu mínimos 0,03%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,09% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,31%, até agora. Por aqui, o mercado fechou em leve baixa na sexta-feira , com volume acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar ficou em 171 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 28 mil para 29 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 0,05%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho abriu em baixa na sexta feira, repicou e voltou a ceder, fechando com leve baixa. O volume foi de 80 mil cts e os indicadores repicaram um pouco. Hoke, a abertura está sendo em mínima baixa.

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Indicadores Gerais do Mercado

Ibovespa semanal dolarizado

Verdades e Mentiras da Bolsa

Já está disponível em Verdades e Mentiras da Bolsa , a Edição 824 desta carta semanal de investimentos, com os seguintes assuntos:

" O trimestral dos Grandes Bancos ", sobre os acontecimentos da semana;
" Grandes Bancos " , na seção de comentários sobre análise técnica.

Veja ainda os destaques da semana: Ultrapar on, Smiles on e Itaúsa pn.

Abertura

Os juros cedem de novo, mas o dólar avança vs o yen e o euro, o ouro cai e o petróleo melhora ligeiramente e as Bolsas seguem indefinidas: no Japão, outro feriado, na Europa, o Stoxx50 avança 0,02% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,30%, até agora. Por aqui, o mercado fechou em nova forte baixa , com volume acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 168 mil para 171 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 22 mil para 28 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 1,38%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho ampliou a baixa ontem, chegando a um novo mínimo. O volume foi de 102 mil cts e os indicadores permaneceram em valores muito baixos. Hoje, a abertura está sendo com nova ampliação da baixa.

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Abertura

Os juros cedem um pouco, mas o dólar segue firme entre as moedas, o ouro e o petróleo não se alteram e as Bolsas mantém cautela: no Japão, mais um feriado, na Europa, o Stoxx50 recua 0,30% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,07%, até agora. Por aqui, o mercado fechou com forte baixa na segunda-feira, com volume pouco acima da média de abril. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 270 mil para 168 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 19 mil para 22 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em alta de 0,16%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho esteve ontem em baixa, recuando até abaixo da média móvel de 200 barras, O volume foi de 92 mil cts e os indicadores recuaram a valores mínimos. Hoje, a abertura está send praticamente estável.

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Abertura

Os juros voltam a disparar para o topo recente, mantendo o dólar firme entre as moedas, o ouro e o petróleo ainda fracos e as Bolsas cautelosas: no Japão, o Nikkei225 perdeu 0,16%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,36% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,03%, até agora. Por aqui, o mercado fechou com leve baixa na segunda-feira, com volume bem abaixo da média de abril, que foi de R$ 10,21 BB. A posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 257 mil para 270 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 29 mil para 19 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em alta de 0,02%.

Futuro do Ibovespa

O futuro Junho teve um dia de baixa na sexta-feira, especialmente no fechamento. O volume foi de apenas 53 mil cts e os indicadores recuaram a valores mínimos. Hoje, a abertura está sendo praticamente estável.

Arquivo do blog