Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Fechamento (futuro)


Depois do pânico de ontem, ainda houve uma tentativa de derrubada no pré-pregão, mas o mercado repicou dos exageros de ontem, subindo o dia todo, com volume de quase 100 mil contratos. Os indicadores subiram igualmente e terminaram em valores que ainda sugerem haver espaço para mais repique amanhã.

Ibovespa semanal não indexado

Abertura

Totalmente surpreendidos pela rejeição do Plano Bush, os mercados globais tiveram um dia de pânico de vendas e hoje tentam se recompor, ainda que não se saiba bem se pela espe5rança de que o Plano ainda seja aprovado ou até por achar que as coisas podem se acertar mesmo sem mo Plano...A confusão foi total e o despreparo da mídia colaborou para intranqüilizar os investidores. No Japão, ainda houve o reflexo dos fatos e o Nikkei225 perdeu 4,11%. Na Europa, cujas Bolsas fecharam antes da rejeição do Plano, o Stoxx50 das blue chips opera em torno da estabilidade. Os futuros americanos é que apresentam repiques um pouco maiores, em torno de 2%. O dólar continua firme entre as moedas, apesar da economia americana estar na berlinda e as comodities apresentam flutuações diferentes, sobem os metais e os alimentos, caem o ouro e os metais preciosos. Por aqui, onde houve necessidade da interrupção do pregão, quem liderou a derrubada foram as duas corretoras internacionais que controlam o nosso mercado e cujas matrizes passam por sérias dificuldades. Isso provocou o exagero das quedas, mais irracionais ainda quando se examina a conjuntura e os fundamentos brasileiros. No pré-pregão, com volume muito alto e inédito para o horário, o Fut. Outubro apresenta um pequeno repique de 0,7%. Resta ver até onde o mercado vai se deixar manipular pelos vendedores com problemas de caixa.

Arquivo do blog