Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Fechamento (futuro)


Como previsto, o índice já abriu com pequeno gap de queda e foi recuando até o meio da tarde, repicando levemente nas horas finais. Os indicadores fizeram o mesmo, sendo que o IFR chegou a cortar para cima sua média móvel, o que ainda não ocorreu com o DCCI, deixando o mercado indefinido.

Corretoras internacionais, às 14:50 h


Quase todos na venda, à exceção de Hedging Griffo, Morgan Stanley e Credit Suisse puxando as vendas.

Abertura

Ainda que oscilando bastante, o petróleo segue em alta, mas não está sendo seguido por todas as comodities, como os metais, por exemplo. No Japão, o Nikkei225 teve leve repique (+ 0,24%), considerado um movimento técnico, enquanto que na Europa, as blue chips seguem fracas e o Stoxx50 vai perdendo cerca de 0,8%. Nos Estados Unidos, o dia foi de leve alta ontem e hoje, o futuro do S&P500 está caindo em torno de 0,3% até o momento. No nosso feriado, houve forte queda nos ADRs da Petrobrás, por conta de um relatório que colocou dúvidas sobre a confirmação de nova descoberta na região do pré-sal (o relatório foi da instituição que liderou as vendas do papel por aqui, na quarta-feira...). Por aqui, a Bovespa se acomodou na quarta-feira, como previsto, ainda que a Petrobrás ainda tivesse boa alta no dia. Os sinais gráficos de alerta vão se multiplicando pelos ativos, depois de um bom período de alta. No pré-pregão, o Fut. Junho vai perdendo cerca de 1%, com volume regular, mas o dia enforcado deve ter liquidez mais apertada.

Arquivo do blog