Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Futuro do Ibovespa


O índice abriu em repique de alta e assim prosseguiu até o meio da tarde, quando passou a se acomodar, até o final, que ainda foi levemente positivo. O volume foi de 68 mil contratos e os indicadores terminaram ainda em cima de suas médias móveis. Mercado indefinido.

Corretoras internacionais (final do dia)

Individualmente, os saldos foram se equilibrando no correr do pregão, especialmente no final: os compradores somaram +R$ 205 MM (Pactual +94) e os vendedores chegaram a -R$ 67 MM (Hedging Griffo -37), ficando um saldo comprador de +R$ 138 MM.

Corretoras internacionais 14:37h

Até agora, os saldos estão altos por conta dos exercícios de opções e mais para compradores por +R$ 150 MM.

Abertura

Mais uma segunda-feira que apresenta os mercados em baixa (exceto Japão, onde o Nikkei225 fechou com +0,03%), por falta de notícias novas no fim de semana, no caso, uma eventual solução para a Grécia. Na Europa, as perdas estão fortes no Stoxx50 (-1,3%), enquanto que nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 vai recuando 0,5%, até agora. O euro está mais fraco e a maioria das comodities tem ajustes negativos, especialmente o petróleo. Por aqui, a Bovespa terminou a semana com levíssima alta na sexta-feira, com volume abaixo da média e saldo vendedor das corretoras internacionais (- R$ 104 MM). No aluguel de ações, os saldos ficaram na mesma. A posição vendida dos investidores estrangeiros no futuro do índice passou de -91 para -94 mil contratos. A posição vendida dos não residentes no futuro de dólar passou de – 93 mil para -108 mil contratos. No pré pregão, o futuro Agosto opera em baixa de 0,5%. Hoje, vencem as opções sobre ações de Junho e o exercício deve ser baixo em volume.

Arquivo do blog