Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Corretoras internacionais, fim do dia

O saldo final foi levemente comprador (R$ 33 MM), num dia de fraco movimento.
Na compra, J.P. Morgan (+52) e Credit |Suisse (+ 36)e na venda Hedging Griffo (-80) e Morgan Stanley (-50). Valores, em geral, modestos.

Fechamento (futuro)


Num dia de fraco movimento, quase metade do habitual, o índice sustentou alta até o início da tarde e veio recuando devagar, até despencar na hora final. Somente nesta queda é que os indicadores cortaram para baixo suas médias móveis. Teoricamente, a sinalização seria para mais um dia fraco amanhã, mas como estamos com cinco baixas seguidas e o volume hoje foi pequeno, é melhor considerar a tendência indefinida.

Corretoras internacionais, 13:40 h

O grupo com pequeno saldo comprador de R$ 47 MM
Compras + 118 MM (J P Morgan + 50)
Vendas - 71 MM (Hedging Griffo - 33)

No Globo de hoje...



O gráfico que aparece ao fundo é o histórico do Ibovespa...

Abertura (ATRASADA)

Na Ásia, um dia meio parado, o Nikkei225 terminou com + 0,14%. Na Europa, as blue chips vão cedendo uns 0,5% e nos Estados Unidos, que teve alguma melhoria na sexta-feira, os índices estão abrindo mais ou menos estáveis. Não há novidades entre moedas e comodities, ainda que o petróleo tenha subido um pouco. Por aqui, a semana terminou mais calma, os estrangeiros começam a recomprar discretamente e, depois de quatro baixas seguidas, o pregão está abrindo com alta de 1,4% e fraco movimento. Vai começar para valer a temporada de resultados e algumas surpresas podem ocorrer, especialmente algumas boas, depois de tanto pessimismo.

Arquivo do blog