Qualidade na Análise Técnica

USO DO BLOG

Minha foto
* imagens: clicar com o lado direito do mouse e abrir em nova aba ou nova página* * comentários por e-mail: jghit@centroin.com.br

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Abertura

Voltando de longo feriado, a Bolsa japonesa teve forte alta (Nikkei225 +3,26%), marcando um topo em 26 anos e puxando altas no resto do mundo, com esperanças no fortalecimento da economia local e mundial. Na Europa, o Stoxx50 avança 1,00% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 sobe 0,15%, até agora. O dólar segue mais fraco e o petróleo sobe um pouco. Por aqui, o mercado esteve em ligeira alta, marcando novo topo nominal histórico, com volume abaixo da média de dezembro. A posição vendedora dos investidores não residentes no futuro do dólar passou de 30 mil para 25 mil contratos. A posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa permaneceu em 45 mil contratos. No pré pregão, o mercado está em alta de 0,38 %.

2 comentários:

renato disse...

Jayme... boa tarde ... em um exercicio futuristico fundamentalisata... em rela\cão a PETR ... daqui a 2-3 anos ... no máx 5 anos ... em se mantendo esse ritmo ... a empresa se recupera "totalmente", recuperação essa refletida nas cotações ? TEm chance de buscar o topo perdido lá em 2008 ? Como você vê a empresa lá p/ os idos de ... 2020 ?

GHITNICK disse...

Operacionalmente, a empresa já está em boas condições, o problema são os infindáveis ajustes contábeis, como o acordo que ora se anuncia, que não permitem projeções seguras.

Arquivo do blog